quarta-feira, 30 de outubro de 2013

CRÔNICA DO DIA: CASAMENTO.

Vinte anos se passaram. Duas décadas. Não sei o motivo, mas números redondos sempre fazem a gente refletir um pouco mais. Imagina quando esse número redondo se refere ao tempo de relacionamento, a duração de um compromisso firmado na juventude. Compromisso! Será que temos noção do que significa dizer SIM? "SIM, eu aceito viver com você o resto da minha vida". São tantas implicações dentro de uma palavra tão pequenina. Palavras... Palavras podem mudar o curso da história... Da nossa história.

E assim descubro, hoje, que já se passaram vinte anos daquele dia do SIM. Dia feliz. Expectativas, sonhos, projetos... Algumas metas alcançadas, outras não. Sonhos realizados, outros não. Será que conseguimos cumprir o compromisso assumido há exatos 20 anos? Mas qual era mesmo o compromisso? Ah, lembrei! Ser feliz e fazer o outro feliz! Que bonito isso! Será que conseguimos? Pausa para reflexão.

Vinte anos não são vinte dias. São vinte anos! Quanta coisa acontece em vinte anos! Fiquei pensando nisso e decidi escrever esse texto em homenagem aos nossos vinte anos de união. Tudo começou animado, alegre, festivo, projetado, idealizado... Amor misturado a paixão. É, eu vejo diferença nisso. Para mim, amor é algo mais profundo, mais calmo, mais íntimo. Paixão é fogo, já disseram vários poetas. E é mesmo. É aquela vontade de estar com o outro, de querer agarrar o outro e não deixá-lo nunca mais sair de perto de você. Ambos os sentimentos são importantes, mas o fogo diminui com o passar dos anos, porém há que se dizer algo importante: ele nunca pode se apagar. A chama tem que estar ali. Você tem que querer estar ao lado daquela pessoa. Mas essa vontade se mistura a amizade que cresce ao longo dos anos, o cuidado, a preocupação com o outro, o companheirismo... Isso! Companheirismo! Sabe aquela vontade de ver o outro se dar bem, progredir, ser bem sucedido, enfim, desejar coisas boas para aquele que compartilha sua cama e seus dias com você. Acho que isso é amor. Há quem possa discordar. Mas para mim é amor.

Mas nem tudo são flores em vinte anos. Há momentos em que os laços parecem enfraquecer, as dificuldades materiais parecem maiores do que os sentimentos, os problemas parecem maiores do que nós, do que construímos, do que prometemos um pro outro. E como reverter uma situação aparentemente fadada ao fracasso? Não sei responder exatamente, mas resgatar os sentimentos puros lá de trás, descobrir o quanto ainda nos preocupamos com o outro, pode acabar acendendo a paixão novamente. Descobrir o quanto alguém torce por você, o quanto alguém deseja o seu bem, nossa, é algo que me enche de paixão! Dá vontade de deitar novamente ao lado da pessoa e amá-la com a intensidade de um desejo que parecia adormecido! 

E vinte anos se passam... Muitas músicas embalam as relações dos jovens amantes, mas uma em especial me chamava atenção: EXAGERADO, de Cazuza. Me lembro de um dos seus cartões dizendo que, talvez, você não fosse o exagerado que eu sonhava, mas que o seu amor era. As inseguranças da paixão. Todos nós temos. E é isso que nos faz lutar para conquistar o outro sempre. Certezas demais, às vezes, podem atrapalhar. É bom sentir que não podemos esmorecer. Nunca. Nunca desistir de mimar e amar o outro. 
Na época em que me escreveu isso, talvez você pensasse que o importante para mim era que você tornasse público diariamente o quanto era apaixonado por mim. Quem sabe esse pensamento tenha feito você contratar aquele carro de som para gritar para toda a vizinhança como eu era importante para você. Meu Deus, se isso não é ser exagerado, o que será então?! Confesso que nunca esperei por algo assim. Foi muito mais exagerado do que qualquer coisa que eu tenha sonhado. Agora, 20 anos depois, você me presenteou com um cartão de 50 centímetros! Todo escrito por você! É, acho que você é um cara exagerado. Pode até ser econômico para verbalizar sentimentos no dia-a-dia, mas em certas ocasiões especiais, que só acontecem uma vez por ano, você pode ser o cara mais exagerado que conheci.

No meu cartão de aniversário deste ano (aquele de 50 centímetros), você lembrou da música do Roupa Nova, que diz em um de seus versos "Amar é envelhecer querendo te abraçar". Que lindo isso! E para conseguir alcançar esse objetivo, eu o conclamo a assumir outro compromisso. Sim, por que não? Assumirmos perante nós mesmos continuar a fazer o outro feliz. E aí, pensando nesse compromisso, me veio à cabeça, uma outra música que embalou nossa paixão há alguns anos atrás. É do cantor Lulu Santos. Sim, ele mesmo, que fez a gente cantar e dançar com ele e se amar como nunca, embalados por suas canções. Acho que se firmarmos esse novo compromisso, o que ele diz em alguns versos da música UM PRO OUTRO pode se tornar realidade, a nossa realidade! Então, lá vai:

"Nós somos feitos um pro outro, pode crer, por isso é que eu estou aqui
E não há lógica que faça desandar, o que o acaso decidir".

Não vou prometer passar mais 20 anos com você, pura e simplesmente. Promessas vagas. Isso não. O que eu quero e desejo para nós é que fiquemos juntos, enquanto houver cumplicidade, amizade, companheirismo, amor e... PAIXÃO! É, tudo isso junto. Exageradamente assim!

38 comentários:

  1. Nossa que delícia de crônica! Linda, mesmo! Me emocionou ao lê-la!
    Vinte (20) anos, como você mesma aborda no texto, não são 20 dias!
    Estar ao lado de alguém por todo esse tempo, e se sentindo bem, é o que mais importa! Não como uma obrigação, mas, sim, um prazer!
    Recordar o passado e vislumbrar o futuro são atitudes muito válidas.
    Querer estar ao lado de quem se ama é o que todos buscamos, pode acreditar. Felizes daqueles que se rejubilam com o amadurecimento e o envolvimento nos seus relacionamentos. Uma coisa é certa....amar é bom demais! E sempre vale a pena! Ótima crônica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cosme, por seu comentário! Concordo com você, amar é bom demais! Um grande abraço.

      Excluir
  2. Amar e ser amado, o que mais podemos desejar da vida.
    Parabéns, não pelos 20, mas pela perspectiva de uma vida inteira juntos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Erick, por seu comentário e pelas felicitações a mim enviadas. Um grande abraço.

      Excluir
  3. Parabéns, felicidades e mais 20 anos de muito companheirismo, amiza e amor a vocês!

    ResponderExcluir
  4. Lindo, Fátima! Você não só escreveu falando de si, como também traduziu o sentimento de muitos por seus amados! Fiquei emocionada! Parabéns à vocês pelos 20 anos de pura cumplicidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Celia!!! Fico feliz que os meus sentimentos expostos nesta crônica tenham lhe emocionado. É bom saber disso. Muito obrigada! Um grande abraço!

      Excluir
    2. Ah Fátima, estou em lágrimas de tão emocionada que fiquei com essa crônica.Muito bem escrita e define bem uma união longa como a de vocês.Desejo muita paixão, amor e companheirismo para você meus lindos amores.Felicidades mil para o casal,Bjs.

      Excluir
    3. Obrigada, minha querida anônima! Bom você ter telefonado. Caso contrário, não saberia quem havia se emocionado tanto com o texto acima. É como disse em outro comentário, fico feliz que minhas palavras tenham lhe tocado o coração e agradeço pelos bons desejos para a minha família. Um grande beijo para a minha irmã e amiga muito querida e também muito amada!

      Excluir
  5. Como sempre Fafá arrebentando, Parabéns ao casal pelo amor, carinho e respeito que sentem um pelo outro, que Deus abençoem por mais uma data a completar, o dia em que um SIM representou a vida do casal. Bjs. Sonia Guerra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Sonia, que belas as suas palavras! Obrigada! Um beijo grande!

      Excluir
  6. Como sempre Fafá arrebentando, Parabéns ao casal pelo amor, carinho e respeito que sentem um pelo outro, que Deus abençoem por mais uma data a completar, o dia em que um SIM representou a vida do casal. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Fá...Ótima crônica!!!! Que emocionante declaração!!!! Chorei...(comentário desnecessário, rs) Como é bom olhar para atrás e ver que nada foi em vão. As dificuldades existem sim!!! Mas quando há amor, companheirismo, respeito, amizade e outras "coisas simples assim", tudo se supera...e tudo vale a pena.Fico feliz de ver vocês prosperarem no que se dispuseram a ser um para o outro...Parabéns a vocês dois, pessoas especiais. Que Deus continue abençoando sua união. Ler sua crônica, me fez lembrar um texto bíblico que me toca muito o coração e gosto demais:

    "O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
    Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
    Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
    Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta."

    1 Coríntios 13:4-7

    Um beijo grande, Patricia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Patrícia, muito obrigada por seu comentário e também pela passagem bíblica! Gosto muito do apóstolo Paulo, por sua força e determinação e os enormes ensinamentos que deixou para o mundo cristão em suas memoráveis epístolas. Muito obrigada! Fico feliz que a crônica tenha lhe agradado e lhe emocionado. Um grande beijo!

      Excluir
  8. Fátinha, que linda crônica !!!
    Parabéns para os casal e muita mais muita "cumplicidade, amizade, companheirismo, amor e... PAIXÃO"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cristiana, por seu comentário! Um grande beijo!

      Excluir
  9. SUTILEZA, LEVEZA, PALAVRAS SAÍDAS DA ALMA, SEM ENSAIOS. SUA CRÔNICA, PARA MIM, É A REVELAÇÃO DO QUE VAI POR DENTRO DO CORAÇÃO QUE AMA E SENTE-SE AMADO. NA TRADUÇÃO DO REAL SIGNIFICADO DA PALAVRA "AMOR", MIL BEIJOS DE SUA AMIGA TEREZA. E , LEMBRANDO PAULO DE TARSO: ..." AINDA QUE EU FALASSE A LÍNGUA DOS ANJOS.....SEM AMOR, EU NADA SERIA...." FELICIDADES AO CASAL!.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Tereza, de fato, sem amor eu nada seria! Amor pelo próximo mais próximo, amor pelo trabalho, amor pelo que produzimos, enfim, AMOR! Obrigada por seu comentário. Um grande beijo!

      Excluir
  10. Essa emocionante e linda história de amor...
    Justamente no mês das comemorações do nosso saudoso "Poeta da Paixão", Vinicius de Moraes, não é pra qualquer um. Vocês são especiais. Exemplo para muitos casais. Parabéns !!!
    Que Deus continue abençoando esta união.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem lembrado, Celio. Falar de Vinícius é falar de paixão. Obrigada por seu comentário. Um grande abraço.

      Excluir
  11. Olá Fátima!
    Estou muito feliz por ler esta mensagem.
    Em meio a um tempo em que o amor e o compromisso com o outro (independente de casados ou não) tem se tornado cada vez mais banal , ler esta mensagem nos torna esperançosos que ainda podemos sim sonhar com o Amor!
    Parabéns não apenas pelos 20 anos, mas principalmente por ter coragem de amar.
    Beijos!
    Camila (cafesil)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Camila, por seu comentário. Achei importante sua ressalva ao falar do compromisso, quando você mencionou "casados ou não". É verdade, o compromisso com o outro se estabelece mesmo sem um papel assinado. Querer o bem, respeitar o outro, torcer pelo outro não depende de papel algum e sim, de responsabilidade, cuidado e amor pelo outro. Obrigada! Um grande abraço!

      Excluir
  12. O amor deve ser comemorado todos os dias,
    mas 20 anos certamente são especiais.
    Parabéns aos dois.
    Cleyson Slama

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está certo, Cleyson. O amor deve ser reverenciado todos os dias. SEMPRE. Obrigada por seu comentário. Um grande abraço.

      Excluir
  13. Felicidades, que Deus abençoe sempre essa união! 20 anos, BODAS DE PORCELANA: É um elemento conhecido por sua delicadeza, por ser um material admirado, apreciado e contemplado. Significa que é preciso ter muito cuidado e carinho para um relacionamento feliz. As peças mais delicadas, assim como as pessoas, suscitam o olhar carinhoso, o zelo amoroso, a ternura do cuidado. E são essas atitudes que garantem a sustentabilidade de um relacionamento, BJS e muitas comemorações!!!! Elisangela e Sergio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Elisangela e Sergio, pelas explicações sobre as BODAS DE PORCELANA. Sempre se fala em bodas de prata e de ouro, mas chegar as bodas de porcelana, certamente já é uma vitória. Espero que tenhamos o cuidado e a delicadeza da porcelana para cuidar do nosso relacionamento nos próximos anos. Um grande abraço!

      Excluir
  14. Parabéns Fátima pelas tão fidedignas palavras e sentimentos que a todos nós sempre contagia...a sua crônica nos faz resgatar o sentimento tão NOBRE que é o AMOR, e que as vezes nesse mundo tão louco e globalizado guardamos num canto escuro da gaveta e talvez nunca mais para alguns desabroche, o que é uma pena....essa leitura só nos prova que ainda SIM nos dias de hoje podemos ter um COMPROMISSO verdadeiro e leal fazendo o próximo FELIZ mesmo com tantas adversidades nesse curto espaço de tempo que aqui estamos...Então te desejo também muitas FELICIDADES e PROSPERIDADE com o seu grande AMOR!!!! Beijos coração! Crisinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Crisinha, por suas palavras! Obrigada também pelos votos de felicidades. Um beijo grande!

      Excluir
  15. Fátima: Adorei o texto, emocionante! Mesmo não sendo casada, ouso dizer que somente se chega aos 20 anos de casamento quando, a partir daquele dia, o "sim" - mesmo não dito - se fez presente em todos os dias do casal : "sim, eu entendo"; "sim, eu relevo"; "sim, eu te perdoo"; "sim, eu abro mão"; "sim, eu não gostei"; "sim, apesar de tantas coisas"; "sim, eu quero ficar com você"; "sim, eu te amo".

    Quando simplesmente se ama, o "sim" é "exagerado"! Salve, Cazuza!Que bom exagerar! Parabéns pela coragem de sempre dizer "sim"!

    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por seu comentário! Fico feliz que tenha gostado do texto. Um grande abraço.

      Excluir
  16. Tia, achei fantástico o seu texto. Esse mês que completo 4 anos de casado, já começo achando um tempo grande, mas 20 anos... não consigo me ver em mais 16, rssr. Beijão e parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que nada, caríssimo sobrinho! Quando você menos espera, já se passaram 20 anos!.. O tempo passa depressa demais. Que bom que gostou do texto. Um beijão!

      Excluir
  17. Adorei ! e te desejo mais vinte casamentos com o mesmo amor.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Bia!!! Mas um casamento com um amor guerreiro e com desejo de ser campeão já dá um trabalhoooo!!!!! Vinte casamentos com um amor assim, então... Um grande abraço!

      Excluir
  18. Adorei a crônica! Acredito se melhorarmos o nosso orgulho e o egoísmo, vamos diminuir muitos problemas de relacionamento. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, WP, o orgulho dificulta muito a convivência em todos os setores da vida, não só nos relacionamentos entre os casais. Um grande abraço!

      Excluir
  19. Linda crônica... me emocionei! Rssss... mesmo três anos depois...
    Desejo tudo de bom pra vcs é muitos e muitos e muitos (8) anos de vida juntos... com cumplicidade, amizade, companheirismo... amor e paixão!

    ResponderExcluir